Literatura de Inverno


Inverno é sinónimo de ler livros no sofá em frente à lareira. O Alameda Shop & Spot sugere cinco livros que te vão aquecer a alma nesta estação.

1 – Um Crime no Expresso do Oriente, Agatha Christie

Neste policial de Agatha Christie, o famoso detetive Poirot investiga o assassinato de um passageiro a bordo do Expresso do Oriente. É sobre o ambiente frio de uma noite gelada que o comboio é forçado a parar e o detetive desvenda este mistério entre muitas pistas, suspeitos e dúvidas.

2 – Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago

Esta história desconcertante conta a história de uma cegueira branca que se alastra a todos como se de uma epidemia se tratasse. Não se situa em nenhum tempo especifico, pode ser ontem, hoje ou amanhã. É um livro de reflexão pessoal e social.

3 – Orlando, Virginia Woolf

Orlando é um jovem britânico da idade moderna, que durante uma estadia na Turquia, ao acordar percebe que se encontra enclausurado num corpo de um a mulher. Uma obra feminista que se debruça sobre o papel da mulher e a visão masculina sobre o que implica ser mulher.

4 – A Desumanização, Valter Hugo Mãe

Passado na Islândia, este romance conta a história, na primeira pessoa, de uma menina de 13 anos e como esta lida com a morte da sua irmã gémea. Um livro de profunda delicadeza, uma experiência de se estar vivo.

5 – A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera

O livro gira em torno de quatro personagens na antiga Checoslováquia e os envolvimentos amorosos entre si. Mediante os acontecimentos políticos e sociais que o país viveu na época, o enredo levanta reflexões perspicazes e pertinentes.

Literatura de Inverno


Inverno é sinónimo de ler livros no sofá em frente à lareira. O Alameda Shop & Spot sugere cinco livros que te vão aquecer a alma nesta estação.

1 – Um Crime no Expresso do Oriente, Agatha Christie

Neste policial de Agatha Christie, o famoso detetive Poirot investiga o assassinato de um passageiro a bordo do Expresso do Oriente. É sobre o ambiente frio de uma noite gelada que o comboio é forçado a parar e o detetive desvenda este mistério entre muitas pistas, suspeitos e dúvidas.

2 – Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago

Esta história desconcertante conta a história de uma cegueira branca que se alastra a todos como se de uma epidemia se tratasse. Não se situa em nenhum tempo especifico, pode ser ontem, hoje ou amanhã. É um livro de reflexão pessoal e social.

3 – Orlando, Virginia Woolf

Orlando é um jovem britânico da idade moderna, que durante uma estadia na Turquia, ao acordar percebe que se encontra enclausurado num corpo de um a mulher. Uma obra feminista que se debruça sobre o papel da mulher e a visão masculina sobre o que implica ser mulher.

4 – A Desumanização, Valter Hugo Mãe

Passado na Islândia, este romance conta a história, na primeira pessoa, de uma menina de 13 anos e como esta lida com a morte da sua irmã gémea. Um livro de profunda delicadeza, uma experiência de se estar vivo.

5 – A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera

O livro gira em torno de quatro personagens na antiga Checoslováquia e os envolvimentos amorosos entre si. Mediante os acontecimentos políticos e sociais que o país viveu na época, o enredo levanta reflexões perspicazes e pertinentes.